Quem sou eu

Minha foto
Estudante do curso de Letras Portugues/Francês na UERJ Professora/Estagiaria de francês e português. Estudante de música, canto lírico, piano e violão. Modelo.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

A sua sorte é que eu te amo


“A sua sorte é que eu te amo, porque você é grossa, vive me dando fora. Mas mesmo assim você consegue ser toda fofa e estender a mão quando eu preciso. É sincera e sempre diz aquilo que eu preciso ouvir, da maneira mais rude e estúpida. É foda! Eu só não te odeio, porque eu te amo.”

Juntando frases e mais frases que uma amiga sempre me diz, eu consegui formar esse trecho acima. Assim que são os amigos. Eles tem defeitos como todo mundo, são humanos. Erram e acertam. Amigo de verdade está sempre ao seu lado para te dar a mão ou ombro para você chorar, faça frio ou faça sol. A gente faz por um melhor amigo coisas que nós não faríamos nem pelas nossas mães. Vamos aos lugares que odiamos porque o “peguete” da nossa amiga vai estar lá. Ouvimos aquela música horrorosa que detestamos porque ele ou ela adora, então você até atura. Suporta aquele outro amigo dele(a) insuportável e sente ciúmes. E até troca de sapato com a sua amiga porque o salto dela quebrou no meio da rua!

O valor de uma verdadeira amizade não tem preço. Os amigos são aquela família que a gente escolhe. Eu sei que tenho duas irmãs, uma mãe, um pai, um irmão, até filho eu tenho e não vou esquecer da metade da minha tangerina. Tudo de brincadeirinha. Sentimos ciúmes dos outro amigos e namorados e prometemos ficar juntos se nada mais der certo. Eles fazem parte da família que eu escolhi. Tenho uma amiga que nessa brincadeira deixou de ser prima (de verdade) e virou irmã. E quando junta todo mundo é uma grande festa, mesmo que eles sejam de grupos diferentes. Neste troca-troca, juntei uma irmã com um irmão e ganhei dois cunhados! Tenho amigos que amo tanto que eu queria adotar. Cuido e me preocupo como se fossem meus filhos e outros que se preocupam comigo como se fossem meus pais.

Apesar de tanto amor, eu também erro, grito, xingo e dou uns forinhas que eu não percebo. Mas isso em nada diminui meu amor por eles. Eles também não são nada fáceis. O que já passei por eles não está escrito nas estrelas. “Eu sou escrota, prepotente, nojenta e só falo merda, mas você me ama, né Babi?” Claro que amo... “ Eu sempre te dou bolo, desmarco em cima da hora, digo que vou te ligar e não ligo, to sempre extressada. Ai, isso me irrita! Mas você me ama, né Barbie?” Amo, amo!

São muitas DRs de amigos e muitos apelidos. São muitas piadas internas e muitas palhaçadas. Têm lágrimas também e abraços muito apertados. Tenho aqueles amigos de infância ainda que nos juntamos só para recordar aqueles tempos, os amigos do colégio, da faculdade, amigos que fazemos na vida. Não posso esquecer aqueles amigos que a música me trouxe e que comigo a fazem. Podemos nos encontrar no shopping ou em um barzinho, não importa onde, em cada lugar que eu vou, conheço muitas pessoas, mas geralmente só um eu vou chamar de amigo. Mas vai juntando de um em um para ver quantos vão dar!

Com isso eu posso dizer que sou feliz! Tenho os melhores amigos do mundo!

Barbara Tuche é estudante do curso de Letras da UERJ

Rio de Janeiro, 05 de Dezembro de 2009

9 comentários:

André Spinillo disse...

A amizade é uma da coisas mais preciosas de todas... um pai ou uma mãe importam muito mais na nossa vida se a eles também pudermos considerar como um amigo, uma pessoa que sabemos que estará conosco para dividir os sorrisos e as lágrimas, e todas essas outras coisas bonitas que você já disse.
Gostei muito do texto... ;)

Beijos o/

Little Ann disse...

E eu?! Ahh eu amo você!!

Gu & Valves disse...

Poxa Barbara...
Site ta muitoo bom, parabens !
Uma dica...
Tente colocar uma radio com
musicas boas :D
vlww !

De : Gustavo ( www.pegandogeral.tk)

Jéssica Melo disse...

a que lindo meu, amei seu blog *-*

Juηiøя disse...

Seu blog é massa!!!

parabens anjo :*

visite:


http://afcboyjunior.blogspot.com

K(L)C disse...

Oi, Tô vindo retribuir a visita no meu blog e dizer que seu post sobre amizades está muito bem feito. Amigo é,sem dúvida, aquela pessoa que se torna tão importante quanto a própria família, que a gente pode contar em qualquer situação mesmo.
Obrigado por me seguir, irei te seguir também.
Um beijo e qualquer coisa: kleverson6011@hotmail.com

Eduarda Ramos disse...

''A gente faz por um melhor amigo coisas que nós não faríamos nem pelas nossas mães''

Um mergulho completo de cabeça nesse seu texto.

denise disse...

Aiii amiga^^
que bonitinho!!!
“Eu sou escrota, prepotente, nojenta e só falo merda, mas você me ama, né Babi?”
óbvio!!
hahahahahaha

Ainda bem que existe a amizade, o companheirismo no mundo. Acho que é uma das únicas coisas que salva o amor.

Admito que passados fatos na minha vida, muitas vezes perdi a esperança no amar. Como se para todo tipo de pessoa que diz me amar eu pudesse arranjar uma desculpa. Tipo: convivência, possessão, carinho, afinidade, exibicionismo. Porque nada disso sozinho para mim é amor.

Amar é querer a felicidade do amado acima de tudo e corresponder com carinho e respeito ao outro. Pois "somos responsáveis por aquilo que cativamos", não é?

É isso que me deixa injuriada. Porque o que eu entendo por ser 'amor' não existe. Não existe. Não existe. Não existe. E quando vc percebe isso é como se uma cegueira acabasse e um mundo cruel se mostrasse nu e promíscuo aos seus olhos.

Sua primeira reação é chorar e sair correndo.
Proteger a esperança de todo aquele caos que agora vc está à mercê.

O tempo passa. E a ferida não. Aí vc tenta preencher o buraco para não sentir o vazio.
Mas o mundo é pura futilidade. E quando vc percebe que tudo aquilo que vc colocou para dentro para se sentir melhor é na verdade placebo, inútil, todo o seu esforço fica sem sentido.

Ainda não desisti, pois acho que outras pessoas reclamam como eu. Talvez essa não seja uma dor, inconformidade só minha.

Que nem um compositor mineiro que descobri faz pouco tempo também reclama:

"Onde foi que perdeu-se o senso
e o intenso perfume do pra sempre?
Onde foi que o amor perdeu-se?
Desgovernou-se?
E tudo que era doce acabou-se."

Pablo Bertola

Soraia Alves disse...

DRs com amigos.. hhahahaha
Muita verdade isso!

gostei do blog!

beijos

Postar um comentário